O Ciclo e as fases da minha energia!

Por Marta Fernandes em

Observas Te?
E sabes que fase te encontras hoje?
Que importância tem, esta ciclicidade interna , na tua amorosidade?
Como reges este conhecimento? De que forma te contemplas?

O recurso ao ciclo Lunar foi utilizado desde os antigos povos, como orientação para mapear os ciclos das colheitas, da sementeira, do tempo de gestação, e dos ciclos menstruais. O processo do ciclo menstrual , muito embora fisiológico, não pode ser alheado do papel da Lua que influencia directamente os fluidos internos. Como representação e interferência no nosso corpo emocional. Recordando o papel da Lua , nas águas do planeta , nesse elemento que representa as nossas emoções. Assim, a Lua, além de reger todas as emoções, representar  o inconsciente, o movimento de sair da sombra, que é simbolicamente associado na lua nova, até atingir o seu ápice, que ocorre na lua cheia. A Lua lembra esta analogia a uma natureza ciclica , das oscilações emocionais, a menstruação , e uma capacidade de mudar e transitar entre distintas fases.

E para que serve isto afinal?

Lua (s)

A fase da Lua que está a ocorrer “lá fora” , certamente tu sabes qual é ! E a essa chamamos de Lua Externa!

Cada fase do teu ciclo menstrual , faz analogia a uma fase da Lua que tu estás a vivenciar ! E a esta chamamos de Lua Interna!

Estamos sempre alinhadas , conectadas ,  a lua que menstruas ou ovulas , corresponde a cada fase do teu ciclo, que te traz o que necesistas vivenciar naquele momento. Trazem sempre energias semelhantes, para processos mais intensos da tua própria experiência de auto-conhecimento.

A relação de cada fase da tua Lua Interna, com o relação das fases da Lua externa são subjectivas, podendo considerar como complementar.

Mais importante é a descoberta das caracteristicas de cada fase do teu ciclo na relação psico-fisioemocional. Descobrir o teu ciclo é conheceres metafisicamente o que és

Menstruação

Lua Nova: associada ao período do sangramento = menstruação . É uma fase para permitir “sangrar” , purgar, purificar, libertar …o que já não nos serve mais,  gerar espaço para o novo! Momento auspicioso para trabalhar  morte e o renascimento.

Pré ovulação

 Lua Crescente :associada a “pré”-ovular.  A fase de brotar , como sementes que germinam na Primavera. Os insights  anteriores começam a gerar acção e momento de  semear o novo. Mudar um hábito, aqui é fundamental.

 Ovulação

 Lua Cheia: associada a ovular. Florescer , expandir , manifestar, conquistar.  Estado de extase, criatividade, vitalidade e sexualidade ao rubro! 

Pré-menstruação

 Lua Minguante: associada a pré -menstruação. Deixar cair as folhas. Preparar para voltar para reviver novo ciclo. desacelerar, reduzir estimulos, deixar acontecer.

Estas abordagem é muito genérica e generalista, apenas para lembrar as infinitas possibilidades de compreender a observação e o potencial do periodo menstrual.

O nosso cilco está sempre a mudar, e unir Lua Interna e Lua externa pode ser um longo estudo individual.

A proposta :
-Descobre o teu ciclo, e conhecer te às profundamente!
– Conhece o teu ciclo!

O sangramento , que ocorre na   menstruação traz a força da limpeza , é habitual aceder a padrões vinculados às fases da vida ou a termos comportamnetos semelhantes a essas fases da vida!

A importância de o ciclo ir mudando , vais varrendo de forma distintas cada padrão …aos poucos , e a cada novo ciclo vamos sendo convidadas a agir e deparar para o que necessitamos a cada momento.

Não porque temos de sofrer…não porque é ocultando que vamos coneguir compreender…não porque resisitir e contrariar são forças que nos impedem de desenvolver mais conhecimento e soberania individual!

Então existe um vastissimo e profundo trabalho na observação , para que possamos contribuir com ferramentas poderosas em cada fase que te descobres!

Genericamente , podes associar algumas questões, como por exemplo:

Sobre menstruar na…

…Lua Nova

Nem sempre é fácil deixar morrer o velho, permitir fertilizar o solo, para gerar depois. Ir ao lodo e renascer das próprias cinzas ! Pode ser uma sensação de cansaço extremo , muito introspectiva, reflexiva e com longos periodos de sono profundo. Energia de morte e renascimento! 

…Lua Crescente

O encontro com a  infância e juventude. Varrer os traumas e medos que refletem até hoje na tua vida. 

…Lua Cheia

O ápice da influência lunar nas  emoções e águas internas. Pode contribuir para curar  feridas na relação mãe-filha, aceder a soluções  sobre processos dolorosos da condição feminina:  menarca, gravidez, abortos, infertilidade e relações familiares.

…Lua Minguante

Os insights profundos sobre as sombras internas podem vir à tona. Um mergulho , nem sempre agrada a sensação da experiência. A simbologia do desapego, de crenças. Da manisfestação da  verdade de dentro para fora. 

Em suma, tantas  mais  associações , para melhor descoberta ,podem ser efectuadas.

É um caminho ,de fertilidade holistica e ginecologia natural que necessitamos lembrar!

Nada disto pretende substituir o que acreditas agora, sobrepor aos conhecimentos médicos ou cientificos , substituir tratamentos…

Observar o teu ciclo é perceber como és! Por ti, para ti, em ti!

É recordar o potencial do periodo menstrual, e não permitir a associação a alguma fatalidade a algumas questões femininas e por se nascer mulher.

Cada fase do teu ciclo , da tua Lua Interna revela muito do teu potencial em transformar.

Ninguém sabe melhor do que tu, o que tu és.
Este conhecimento , esta cá desde os primórdios da existência.
Só precisa ser lembrado.

Não é meu , nem teu , nem de ninguém …. é de todo@s !

Lembra Te , já tens e és tudo !

💜💜💜

#martafernandesyoga

Categorias: Reflexões